Diferença entre manta magnética e ímã flexível (Imaflex)

Você sabe a diferença entre manta magnética e ímã flexível??

Muita gente confunde, e tem toda razão em confundir, porque são produtos com aparência muito semelhante.

Mas é apenas a aparência (visual) que é semelhante nos dois produtos.

A manta magnética, normalmente fornecida em rolos, em espessuras mais finas, é um produto destinado ao mercado de brindes e sinalização visual. É um produto onde o acabamento da superfície a ser impressa deve ser impecável, e o campo magnético não necessita ser forte, pois a função do magnetismo é apenas segurar o próprio peso da peça, quando em contato com uma superfície metálica.

A manta magnética é normalmente usada para a fabricação de ímãs de geladeira, sinalização veicular, ou outros tipos de brindes, brinquedos ou jogos, onde um material impresso será aderido nela. Outro uso, que é uma grande novidade no mercado brasileiro, mas já é muito difundido nos USA e na Europa, é a utilização das mantas magnéticas em paredes de lojas, para, em conjunto com películas magnéticas, poder trocar a decoração de ambientes em questão de minutos (por exemplo trocar a decoração de lojas, quando muda a coleção).

Já o ímã flexível (Imaflex) normalmente produzido em chapas ou em peças cortadas, com espessuras normais de mercado de 1 a 9mm, são peças técnicas, usadas na fabricação de motores cc, em sensores, em brinquedos, sinalização, sensores de parada de elevadores, etc. É utilizado onde é requerido um forte campo magnético. Dependendo da aplicação, pode ser magnetizado um polo em cada face, ou multipolar nas faces. É sempre importante conversar com um especialista em magnetismo, para definir o melhor tipo de magnetização para cada aplicação.

Para quem deseja uma explicação mais técnica, para entender a diferença entre a manta magnética e o ímã flexível, podemos dizer que os dois produtos são produzidos com ferrite de estrôncio, mas há uma grande diferença entre a ferrite usada em cada um dos produtos, pois utilizam óxidos de ferro de fontes diferentes, o que, aliado à diferença no processo produtivo, dão ao ímã flexível um poder magnético muito superior. Por exemplo a remanência (Br) da manta magnética de boa qualidade gira ao redor de 1500 Gauss, enquanto a remanência (Br) do ímã flexível é de 2400 Gauss. A diferença no processo de produção leva a que o ímã flexível (Imaflex) é anisotrópico, e por isso tem um fluxo magnético muito superior que a manta magnética, que é isotrópica.

Finalmente, novidade no mercado brasileiro, e para aplicações técnicas onde o fluxo magnético tem que ser muito forte, pode ser oferecido o ímã flexível produzido com neodímio (ao invés da ferrite), que apresenta um fluxo magnético mais de 2 vezes mais forte que o ímã flexível – Imaflex.

Icons made by Gregor Cresnar from www.flaticon.com is licensed by CC 3.0 BY
Icons made by Smashicons from www.flaticon.com is licensed by CC 3.0 BY